Braşov, Bran, Sighişoara

A Transilvânia é uma terra de contrastes e tem dimensões continentais.

Hum… não, não exatamente.

A Transilvânia fica na fonteira entre três grandes culturas: a católica romana do norte (húngaros e germânicos), a islâmica-otomana do sul (Turquia) e a eslava-ortodoxa no leste (Rússia). Desde o século XIII, dos conflitos entre esses grupos de interesse surgiram ‘n’ cidades amuralhadas, com castelos e fortalezas.

No final do século XIX e início do XX (assim como no Brasil), palácios enormes foram construídos para abrigar serviços públicos, escolas, lojas.

As cidades da região exibem então um mix desses tempos: castelos, igrejas e casas dos séculos XIV a XVIII e palácios da belle époque.

Brasov é hoje uma cidade grande para os padrões romenos (300 mil hab.), mas tem um Centro histórico bem preservado. A 35km está Bran, onde se situa um castelo do século XIV, dos mais belos da Romênia.

Sighisoara é bem menor (35 mil hab.) e sua cidadela medival é tão incrível (e sinistra) que recebeu da ONU o título de Patrimônio da Humanidade.

Anúncios

Sobre arnaldof

Viajando em busca de algo que não sei o que é, mas com a certeza de que será muito bacana.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s