depois comecei a desconfiar…

Arrastei minha mala vermelha todo gabola, todo pimpão, pela majestosa gare budapestina (budapestense? budapestiana?), e pouco a pouco a imagem inicial de majestade começou a se desfazer…

A estação está mal cuidada, escura, e as pessoas todas pareciam mal encaradas.

Procuro um caixa eletrônico que aceite Visa para sacar meus preciosos florins húngaros e poder comprar um bilhete de metrô – meu hotel fica a apenas 2 estações de Keleti.

Nada. Nem um caixa à vista. A precariedade da estação vai ficando cada vez mais evidente e começo a desconfiar da pompa de Budapeste… Nova – má – impressão sobre a cidade.

Não havendo um caixa dentro da estação, só me resta sair à rua, arrastando meus 2okg de mala em busca de um.

Anúncios

Sobre arnaldof

Viajando em busca de algo que não sei o que é, mas com a certeza de que será muito bacana.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s