o peso das idades

Você está andando na rua congelante tentando lembrar do gosto do feijão e do bife no alho, quando vê surgir na sua frente um rapaz de seus 22 anos, faces rosadas de frio, vestindo como se fosse uma armadura a túnica negra da Marinha Russa, ajustada até quase os pés, densa, sem um fiapo branco, uma ruga, um risco, impecável.

Na cabeça, o gorro de pele também rigorosamente negro, não o grande e caricato, mas um pequeno, elegante, com a águia na fronte…

Os antecessores desse menino puseram o Grande Exército para correr e hastearam a bandeira vermelha no Reichstag, sobre as cinzas fumegantes de meia Europa.

Confesso que fiquei sem reação. Sorte que ele passou batido, porque a vontade era bater continência.

Anúncios

Sobre arnaldof

Viajando em busca de algo que não sei o que é, mas com a certeza de que será muito bacana.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s