português, uma língua de contrastes

Eis que na progressista (e dá-lhe progressista nisso!) Caxias do Sul, me vejo diante de uma bandejinha com 20 ninhos de ovos, delicado doce de Pelotas que eu amo e que de surpresa encontro nas terras altas gaúchas, a uns 400 km de sua casa pelotense. Eram doces muito pequenos, realmente delicados, feitos para uma criança miúda comer de uma bocada.

Repetindo fenômeno generalizado, encontrado de Macapá ao Chuí, eu era atendido por uma menina-em-treinamento que não tinha bem a certeza de onde estava o nariz dela. O empório, desses modernos, era dos mais sofisticados da cidade, mas a menina, um desastre.

Entre ela e eu, a caixinha estreita de plástico transparente com os 20 mini docinhos em fileira, prontos para minha boca que salivava.

Eu disse para ela que iria levar. Ela me olhou com espanto e perguntou cantando: “Bah, mas quantos tu vais levar?”

Desconfiado da pergunta dela, disparei a contra-pergunta óbvia: “Mas… vende por unidade?”

Pra quê…

A menina me fez repetir a pergunta umas 5 vezes, e tenho de confessar, nem na quinta vez ela entendeu o que eu queria dizer. Tive de encontrar outras palavras: eu queria saber se vendia ‘um por um’ e tal (ela respondeu que sim e, perguntando quanto custava às colegas veteranas, me informou que cada docinhozinho custava 1,50… Eu estava diante de 30 reais de nano-ninhos! Bah!!!).

Acabei levando apenas 5, uns vinte gramas, por R$ 7,50…

Mas fiquei com a pulga atrás da orelha. Meu problema de comunicação fora causado pela inexperiência da moça, recém despencada de alguma colônia? ou eu havia disparado sem querer uma expressão de puro paulistês nos ouvidos gaúchos?

No arquivo onde eu pesquisava, cercado de pessoas com mestrado e muita simpatia, tirei minha teima e comentei o caso.

Todos me olharam com espanto. “Por unidade“??? Como assim? O que quer dizer por unidade“?

Repeti mentalmente a expressão, tão óbvia para nós,  e comecei a perceber que para eles deve soar como um slogan político… Pela unidade, tchê! Vote 97! Pela unidade!

Bah!

Anúncios

Sobre arnaldof

Viajando em busca de algo que não sei o que é, mas com a certeza de que será muito bacana.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s